sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Águas

Água pura que desce do céu
Todo planeta inunda,
Encaminhando saúde a terra fecunda.

Água limpa que a vida traz,
Rios e suas nascentes,
Lagos, cascatas e mares,
Cada dia novamente.

Caminhos ocultos entre os ipês
Perobas, igarapés,
Não importa por onde elas passam
Por que onde chegam

A sede não pode permanecer.
Ao olhar-te cristalina, Te pergunto de onde vens?
Tua força me assusta, tua beleza me emudece
Teu mover me traz canções

Água pura que nasce de Deus
Do ventre do homem, transborda
Trás em suas margens a cura
E a paz que conforta.
Água  viva que é Jesus
Vinda do trono de Deus
Um turbilhão de virtudes
Pra todos que são seus.

0 comentários :

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial