sábado, 12 de novembro de 2011

Arrebatado

Arrebatado fui.
No dia do Senhor
E ouvi uma grande voz,
A voz do meu Senhor,
E aos seus pés caí, aos pés do Salvador.

Aquele que por mim morreu na cruz
E vi um novo céu, uma nova terra vi.
Uma grande voz dos céus, se fez, então, ouvi!
“Não haverá mais dor, nem pranto, Nem clamor. Só haverá e Deus um Grande amor.”

Onipotente Deus, ao que vencer dará,
Tudo que é seu no céu,
Tudo herdará de Deus,
“Serei seu eterno Pai, serás Meu filho, então, Pois quem vencer alcançará perdão.”
Eu vi um novo céu, uma nova Terra...

0 comentários :

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial